quarta-feira, julho 26, 2006

de novo


Uns ficam indignados com a guerra que acontece, de novo, lá em Israel. Eu nem me atrevo a pensar neles. Talvez pela distância, ou pela impossibilidade de compreender uma luta que acontece há séculos. Meu país existe há duzentos anos, temos terra pra dedéu, e nunca conheci um fanático religioso que acreditasse que a sua sina fosse pendurar dinamite em volta do pescoço, entrar num Shopping e se explodir junto dezenas de incrédulos.
O que realmente me preocupa, e me atinge diretamente, é a banalidade com que encaro a situação de, pela 6a. vez, chegar ao lado de meu carro e encontrar o vidro quebrado. Em plena segunda-feira.

6 comentários:

g. disse...

então, é essa banalidade que me deixa ansiosa. porque eu to começando a encarar assim tb. E acho tudo isso um absurdo, principalmente pq eu sei que não sou a única a encarar essa confusão toda como só mais um pouco de violência.
Enfim, seja em Israel ou em Curitiba, tô começando a não me sentir surpresa mais. E é isso que me preocupa.

Stela disse...

Se essa foto foi feita por vc, diante do vidro quebrado, pelo menos a ação serviu pra uma bela imagem (além do preju, discussão à parte pra quem está de longe e nem se assustou quando há quinze dias passou ao lado de um ônibus recém-incendiado pelo PCC).

Pior que isso, amigo, só um conhecido meu aqui de Jacacity... Auxiliar de necrópsia do IML, o cara saía do trampo e ia fazer X-Burguer no seu carrinho de lanches...

seventowers disse...

Putz, sem medir as palavras, é foda isso cara, como assim alguém te quebra um vidro e ninguém vê, parece o cúmulo da indiferença, pq não é igual alguém abrir escusamente seu carro, ninguém sabe quem é o dono, quebrar um vidro é visivelmente uma ação criminosa. Não digo que se perseguisse heróicamente a figura, mas, quem não avisaria, ou berraria, sei lá chamaria alguém? É indignante isso, não se poder usar o direito de parar onde quiser pq estará ameaçado! É muita indeferença, incompetência, pq se vc passar um farol não vai ficar ileso, então o mínimo que se poderia ter é segurança. É tão óbvio que irrita até falar no assunto. Mas aí, vc arruma seu carro, paga seu IPVA, licenciamento, tudo direitinho, senão será infrator e não vai poder circular livremente! E se a infração for de 7 pontos vão te mandar voltar pra escolinha, pagar cursinho pq vc não estará apto a trafegar "competentemente". Hunf, haja!
Boa sorte ae!
:((

Tauanny disse...

Bom, pelo menos ele só quebrou o vidro do carro... tá, isso foi pela 6ª vez, mas analisando por um lado mais "positivo" (se é que existe algum lado positivo nisso) você não sofreu nenhum tipo de agressão, o que torna a situação um pouco mais leve. Mas, de fato esse negócio de violencia tá foda. Já não se dorme mais em paz com medo de que alguem invada sua casa ou cause algum dano as suas coisas. Eu ando tendo sorte. Da ultima vez que peguei um ladrão aqui em casa ele saiu correndo quando eu comecei a berrar, e só quebrou o tanque na área de serviço... enfim, tá foda a situação... daqui a pouco alem de tudo o que a gente já é obrigado a pagar pra ter "segurança publica", a gente vai ter que começar a pagar mais um horror por segurança privada, ou então inventar seu próprio sistema de segurança... senão haja vidro, carro e coração pra aguentar esses sustos... apesar de que nem dá mais pra se assustar com isso... a partir de agora, coloca um adesivo no seu carro: "Já me assaltaram essa semana. Por favor passe na semana que vem!"... quem sabe assim eles começam a dar um inetrvalo maior nos assaltos...

janna maria disse...

saco hein ?!?!?!

DARA disse...

GOSTEI DE LER SEU BLOG!!!
BJUS
T++
PASSA NO MEU.