terça-feira, julho 18, 2006

quem te vê


Seja um sapo. Uma embalagem de cereal, um pó mágico. Seja um magnata francês, um lixeiro ou piquenês. Seja uma palavra que nem existe no Google.
E na net você pode ser tudo isso e mais um pouco. Afinal, contas no hotmail são mais fáceis de abrir do que contas bancárias. Um profile fake no Orkut mais necessário do que útil. E crie blogs na internet tão bem montados que se você colocar numa lista de indicados, ninguém saberá que é você. Comente seus próprios posts para que ninguém nem desconfie.

Porque, no fundo, somos todos invenções.

4 comentários:

kpi disse...

ótimo! nem preciso tecer comentários....

janna maria disse...

adooooooro esse mundo !!!!

seventowers disse...

O Laerte é o máximo msm!

Stela disse...

Tem gente que faz disso obsessão. Outras usam como artífice pra dizer o que sente sem magoar ninguém!!!! Mas nem por isso deixa de ser ela mesma!

Agora comentar seu próprio blog é como mandar flores pra si mesmo no Dia dos Namorados... A fake plastic tree...