quinta-feira, setembro 13, 2007

foz indie


Forninho, originally uploaded by picbrasil.


Cliclo do Urubo em viagem internacional.
Se invadir Palotina com essas pessoas foi digno de post emocionado, Foz do Iguaçu seria diversão garantida. E foi.
Fizemos biquinho, fui atacado por uma arara apaixonada pelo meu pé, fomos tomados pela força das águas das Cataratas, entramos de gaiato num casório, enlouquecemos num bar de rrrrrroooock impossível de existir em Curitiba, com mesas de bilhar de graça, cerveja 600ml, mesas de plástico e banda com cover inusitados, de Michael Jackson à Led Zeppelin numa mesma sequência (comparável apenas com o lendário Open Bar, de Camboja).
Enfrentamos 38º num país onde o capitalismo beira o Caos: a pobreza no limíte, a falta de estrutura e os últimos lançamentos da tecnologia mundial em vitrines sujas de gordura e poeira. Uma multidão à procura de ofertas, de vantagens e sem conhecimendo do termo civilização.
Atravessando outra ponte, desbravamos um país que deixou o Brasil no chinelo: Argentina é linda, avançada, elegante (nas palavras da Fer), e total 1º mundo. As poucas horas naquele país só trouxeram mais curiosidade sobre los hermanos.
Acima de tudo, foi um feriado de indepêndencia que mostrou a nossa independência, desse grupo de asas negras e avantajados bicos, de risadas, de comentários insignificantes mas importantes, de descanço mental com alguns auto-presentes na bagagem.



Algumas imagens dessa viagem já estão no meu flickr! Foda!

3 comentários:

Algo Imaginário disse...

Foz foi DO CARALHO!!!!!!
=)

Medusa disse...

... :)

ruth disse...

Ahahahahahah, agora que entendi o que eram estes números, depois que vi, rsrsrs, dãhnnn. Eu ja tinha lido o post e ficado boiando, rs!
Então, eu não aguentaria, aquele abafado do Rio já é demais pra, 45°
eu viro suco!
Da um beijo no lobo mau por mim!
bjs