terça-feira, agosto 09, 2005

eu sou jack skellington


Meu primeiro presente de formatura foi inesperado, por mais que já soubesse da sua existência e conhecesse seu conteúdo.
Filmes mudam tanto com o passar do tempo. Aliás, já li que é o tempo quem julga uma obra de arte. E os filmes de Tim Burton sobrevivem e se destacam numa segunda leitura.
Neste, Jack está entediado e parte numa tentativa infame de inovação sem noção.
Identificação 100%.
The Nightmare Before Christmas é material timburtiano de prima.
Valeu aí, G.!

E finalmente vi o tal do Sin City!

Não vi grande coisa nesse. Aquele papo de “revolução” é bullshit. O filme é demasiadamente longo e os melhores momentos são aqueles onde as tramas e personagens já me eram conhecidos. É Senhor dos Anéis do hq: quem conhece o original aproveita bem mais. Afinal, esses são os mais interessados em ver um filme que se anuncia como “quadrinhos em tela grande”. Gostei de Nancy e Miho.

3 comentários:

Stela disse...

O estranho mundo de Jack é adorável. Acho que passo por uma fase similar à sua: de gostar mais e mais da obra de Tim Burton.

Há tantos Skellingtons por aí!

Bom, lembra-se quando me perguntou sobre o lance das cores? Achei outra explicação, anterior à do cabelo tingido e a Pop Art de Wahrol. Está lá no meu blog. O post é loongo como todos são. Se tiver saco e tempo, passe lá. Vc é sempre benvindo!

Beijo!

seventowers disse...

Que bonitinho este Jack Skellington, quero ver, hum, presente, hein, que legal!!

Tauanny disse...

Passando so pra dar um Oi... ah, e ve se deixa o programa maior, ele tá muito rapido... um programa bom como o seu tem que ter pelo menos uma hora...

bjs da ouvinte maluca