segunda-feira, julho 30, 2007

remy got me


Mudo minhas palavras: Ratatouille é revolucionário!
Na revisão, o filme ficou ainda maior.
O sentido da vida, a realização pessoal vs. desejo de futuro profissional dos pais, a crítica, o relacionamento entre amigos, o amadurecimento, o amor. E o rato mais simpático de todos os tempos.
Quão complexo podem ser escolhas diárias. Quão simples é a resposta.
Além de ter o vilão timburtonesco Anto Ego com sutilesas visuais divertidíssimas.
Ratatouille não será o filme do verão. Será um dos filmes do ano, da década.
Não vi o suficiente. Não consegui transpor Remy em palavras. Talvez nunca consiga. Se tu estiver indo ver esse filme, pode me chamar! :P

ps: Ainda estou de cara com o pouco mercha em cima desse filme. A promoção do Cinemark acabou 2 semanas depois da estréia, e eu fiquei sem o bonequinho filme! :(

4 comentários:

Tauanny disse...

Eu tava vendo num programa eles comentarem que a Disney tava um tanto temerosa de que esse filme n�o fosse o sucesso que eles esperavam, como aconteceu com Cars. Eles gastaram demais e tavam com medo de gastar mais e n�o obter retorno, por isso a falta de merchan.

Ent�o talvez isso te console: A loja da PBKids tinha uns brindes bacanas do filme, que come�aram a ser distribu�dos antes mesmo dele sair em cartaz. Eu at� descolei um aquagame, mas ele foi destru�do pela pequena fera que eu mantenho em casa antes que eu pudesse "brincar" com ele. E eles estavam pra receber mais produtos do filme pra distribuir. D� um pulo na loja deles e v� se ainda tem, ou se os bonequinhos j� chegaram. Tem uma a� no Muller (mas o atendimento da loja do Barigui � melhor). E pelo tanto que vc falou do filme deve ser bacana mesmo. Eu, particularmente, sou f� incondicional de anima�o, mas ainda n�o tive coragem de sair de casa no frio pra ir no cinema ver. Vamos ver se supera os desenhos que vi nos ultimos meses.

T+!

Algo Imaginário disse...

Lets go than.
=)

ĵåииå jōåиïņhå disse...

eu gostei muuuuito do filme, como gosto de tudo da disney. só que, convenhamos, podia ser um esquilo, um gatinho.. sei lá, qualquer outro animal que não um rato para cozinhar né ?!?! isso eu achei muito surreal, é nojento só de pensar. eu, que gosto tanto de cozinhar, não conseguia ver o filme sem pensar nesse detalhe!

ruth disse...

Caramba é tudo isso?
E pensar que fiquei na bilheteria com um olho no peixe outro no gato, pra ele e pro Harry Potter, falem o que quiser sou fã do Harry e não resisti! Mas vou ver se pego uma sessão esta semana, senão pode sair de cartaz. Tá convidado, se não for muito dificil vem pra cá, rs!
Agora ainda bem que vc desistiu da jibóia, eka que nojo, tenho horror de cobra, répteis em geral, aka!
ainda bem que vc optou pelo filhote lindo, não canso de vê-lo, muito fofo!
bjs